deckstats.net

Author Topic: [EDH / Commander] Queen Marchesa, Pillowfort and Control  (Read 50 times)

JMarostica

  • New Member
  • *
  • Posts: 2
  • Karma: 0
    • View Profile
  • Decks
[EDH / Commander] Queen Marchesa, Pillowfort and Control
« on: April 13, 2018, 04:36:42 AM »
Queen Marchesa, Pillowfort and Control

http://deck.tk/1fcd2c4g

Prezados, sejam bem vindos...

Venho por meio deste tentar dar a minha pequena contribuição ao universo de Magic the Gathering. Mas antes de começar a explicar o deck, eu preciso contar uma breve historinha.

Eu jogo MTG desde 1998, já tive a oportunidade de jogar vários formatos, alguns destes até já deixaram de existir. Nesses últimos anos criei o hábito de jogar Commander com os meus amigos, principalmente no modo multiplayer (Chaos).

Durante esse breve período que acompanhei o Commander, pude observar muitas vantagens no formato e também algumas desvantagens. Não pretendo citar as vantagens aqui, acho desnecessário fazer isso pois é visível o número de interessados pelo formato. Mas, acredito que este momento é apropriado para comentar sobre uma desvantagem que afeta o meu grupo de jogadores e que me levaram a optar por montar esse deck.

Quando temos 4 ou 5 jogadores envolvidos em uma bela partida caótica, pude observar que existem momentos na partida que o jogo pode ficar muito chato, lento e limitado. Os jogadores ficam muitas vezes restritos a agirem em seu turno, muitas vezes realizando poucas ou nenhuma ação, isso pode levar a uma partida se estende por muito mais de uma hora, isso causa muito aborrecimento, frustração e sono, principalmente quando eu e meus amigos resolvemos jogar tarde da noite ou de madrugada...

Para amenizar esse problema procurei por um comandante, uma estratégia e/ou um deck que oportuniza-se aos jogadores uma maior interessarão, com muitas piadas, discussões e principalmente tomada de decisões durante o turno dos adversários, mantendo o pessoal atento na partida.

Depois de muita busca e muito estudo eu optei por montar um deck casual, controlador, focado no multiplayer, usando como comandante a Queen Marchesa, com ênfase em um jogo político, nos conceito de Pillow Fort e Aikido.

Conceito de Pillow Fort: O "Castelo de Travesseiros", é a ideia de defesa se se usa de técnicas para desestimular os oponentes de atacarem você, isso se faz levantando grandes "muros" de defesa, criando penalidades fortes aos interessados em atacá-lo, tornando pouco ou nada atrativo visá-lo como alvo.

Conceito de Aikido: De acordo com o dicionário, Aikido é uma "arte marcial japonesa, de natureza marcadamente defensiva, com técnicas que buscam a neutralização de ataques adversários por meio de movimentos de rotação e esquiva, nos quais a própria força do oponente é us. para desequilibrá-lo e vencê-lo...", neste deck aplica-se esse mesmo princípio.

Esse deck de Queen Marchesa propõe uma dinâmica mais política na partida, permitindo um posicionamento de negociação permanente com os outros jogadores, barganhando e/ou forçando acordos e alianças para obter vantagens, ao mesmo tempo que a Queen Marchesa pode criar situações que causam discórdia entre os demais jogadores.

A ideia do meu deck de Queen Marchesa se moldou com influência direta e principalmente de outros decks já divulgados nesses conceito. Nesse caso eu gostaria de citar os seguintes decks que me inspiraram:

http://tappedout.net/mtg-decks/queen-marchesa-politics-aikido-and-control/
http://tappedout.net/mtg-decks/marchesa-political-queen-of-pillows/

Portanto, eu indico para jogar com esse deck se você:
  • Gosta de interagir com outros jogadores;
  • Gosta de ter respostas para várias situações diferentes;
  • Goste de manter o controle da partida por alguns momentos;
  • Gosta de jogar defensivamente;
Eu não indico jogar com esse deck se você:

  • Gosta de criaturas grandes;
  • Precisa de combos como condição de vitória;
  • Não tem paciência com partidas longas;
  • Precisa de azul para ter controle ou comprar cards.
O deck foi originalmente montado para propor uma interação da Queen Marchesa com os demais jogadores. A principal estratégia da Queem Marchesa é forçar o relacionamento entre os demais jogadores. Isso não significa criar uma relação saudável e positiva entre você e os seus oponentes, mas sim uma relação que induz os seus oponentes a atacarem uns aos outros, causando a discórdia e o caos, mantendo a Queem Marchesa em uma posição discreta, na qual a suas ações passem a provocar seus oponentes mas sem que seja a próxima a ser alvo dos seus oponentes.

Para ter segurança em suas ações de interação com os demais jogadores, a Queen Marchesa abusa de cards que lhe deixam em uma posição confortável:

Defesas/Muros com cards como Teferi's Protection, Boros Charm, Delaying Shield, Ghostly Prison, Island Sanctuary, No Mercy, Righteous Aura, Solitary Confinement, Sphere of Safety, Dread, Kazuul, Tyrant of the Cliffs, Ophiomancer e Windborn Muse.

Ajuda/Ameaça com cards como Slayers' Stronghold, Sunhome, Fortress of the Legion, Key to the City, Orzhov Advokist, Royal Assassin, Master of Cruelties e Duelist's Heritage;

Punição/Aikido com cards como Backlash, Delirium, Deflecting Palm, Comeuppance e Selfless Squire;
Caos/intriga com Besmirch e Disrupt Decorum.

Ainda pretendo incluir cards com mecânica de "Council's dilemma" e "Will of the council" para aumentar a participação dos jogadores na partida através das votações que essas habilidades impõem, mas isso fica para um segundo momento, pois provavelmente causará mudanças significativas no deck.

Desde já agradeço a atenção de todos e peço a contribuição de vocês.